Alma forte

Lembrei de uma oracao de guerra que gritei muito quando era aluno no Equador, vamos ver se em portuges tem o mesmo sentimento que em espanhol…

Não te sentireis vencido
Mesmo estando já vencido
Não te sentirei escravo
Mesmo sendo um escravo
Na hora do temor
Senti te bravo, e ataca feroz estando mal ferido
Tem a dureza de um prego enferrujado
Que mesmo velho e ruim segue sendo prego
Aborrece  a covardia do pavão
Que esconde seu ser ao menor ruído
Procede como Deus que nunca chora
Ou como lúcifer que nunca reza
Ou como o robledal que em sua grandeza
Precisa da água e não a implora
Que morda e vocifere vingadora
Já rodando no pó a tua cabeça

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s